Testemunhos de Autores

"Há 5 anos que tentava editar o meu segundo álbum de fotografias. Numa altura de crise editorial, editar um livro de fotografia, sem um patrocinador, sabia eu, era tarefa muito difícil e de risco. Foi através de amigos em comum que a Chiado Editora surgiu, e o “sim” foi imediato. É único sentirmos que nos reconhecem o valor e que querem apostar em nós. Não há agradecimento suficiente para tamanha generosidade! A parceria foi excelente, desde a rapidez na execução, a liberdade que me deram e a promoção. Já a recomendei várias vezes e continuo a fazê-lo: Bravo Chiado Editora! É um prazer trabalhar convosco. Um destes dias, avançamos para mais um projecto?"

Rita Carmo, Autora de "Bandas Sonoras"

 
a

"Conheci a Chiado Editora em 2009. Foi através dela que pela primeira vez publiquei em livro os meus poemas. O mesmo tem acontecido a muitos outros escritores que devem ao espírito de abertura e à actuação ousada desta Editora a divulgação dos seus escritos. Devo realçar que a Chiado Editora, no prosseguimento dos seus objectivos, nunca descurou o relacionamento pessoal e afectivo, que é, a meu ver, essencial, para que um escritor sinta a Editora como sua."

Eduardo Aleixo, Autor de "As Palavras São de Água" e "Os Caminhos do Silêncio

a

“Há quase 5 anos me deparei com a máxima da escrita e, foi com a Chiado Editora que consegui publicar o meu primeiro livro. Os cuidados comigo e com a minha obra fizeram e fazem com que me sinta extremamente acolhido, confortável e seguro com a excelência profissional e amigável. Até mesmo pela simpatia "desbravadora" dos caminhos Brasileiros. Além de tudo, sem ainda conhecer pessoalmente, é claro que não poderia deixar de falar de Gonçalo Martins, sempre presente e atencioso aos meios digitais e é claro toda a natureza que compõe o trabalho da Chiado Editora. Por fim e não menos importante, toda a equipe aqui de SP que também me "atura" com as minhas exigências e que, de certa forma, trocamos todos carinhos recíprocos sempre ao bom trabalho e ao serviço da literatura, que hoje no meu caso, amadurece em uma semântica também artística-visual. Já são 3 livros publicados, mais a participação poética nas antologias e todas as aventuras vividas juntos nos lançamentos e novidades literárias!"

Fábio Marcondes, Autor de "30 Anos", "Ventos e Horizontes Volume 1" e "Ventos e Horizontes Volume 2"

a

“O livro Miragem, deve o seu título ao sentimento que sempre tive da publicação de um livro…  As minhas maiores conquistas devem-se a duas coisas, ao impulso e à máxima que o meu pai sempre me ensinou: “o não é sempre garantido, por isso há que arriscar”. Num dos dias em que escrevi um texto, deparei-me com uma publicação de um escritor e amigo meu, Pedro M. Rodrigues, que anunciava que o seu mais recente livro (A)MAR, seria editado pela Chiado Editora. Enchi-me de coragem e decidi enviar um e-mail para a Chiado, dando a conhecer que tinha uma obra e se teriam interesse em avaliar. Dois dias depois, recebo um e-mail da Renata Alves, dando a conhecer a Chiado, e todos os parâmetros que uma avaliação de obra seguem. Nesse dia ganhei não só uma Editora, uma equipa fantástica sempre disponível, a concretização de um sonho e tenho certo que uma amizade para a vida. Eu e a minha editora conseguimos  num mês e meio ter um livro pronto para enviar para a gráfica. Miragem ainda agora vai no início e tenho a certeza que muito ainda tem para dar, neste primeiro mês após o seu lançamento, penso que os primeiro objetivos estão cumpridos, 2 agendamentos de novos lançamentos, 9 postos de venda, e principalmente o sorriso e o feedback que me chega dos leitores e amigos após terem este livro nas mãos. Desde já um muito obrigado a esta grande Editora, que segue a minha frase de vida: ”põe quanto és no mínimo que fazes”.”

Inês Lopes, Autora de "Miragem"

a

a“Apesar de não ter como sonho o facto de ser escritor, a Chiado Editora possibilitou-me a oportunidade de partilhar com os leitores, para já da diáspora portuguesa, as histórias que escrevo e que se cruzam com acontecimentos da História. Como diz um provérbio africano: “Se queres ir depressa vai sozinho, mas se quiseres ir longe vai acompanhado”. Neste caso vou com a Chiado. Obrigado!”

Paulo Costa Gonçalves, Autor de "O Cavaleiro de Antioquia", "Sob Estranhos Céus" e "Enigma da Mentira"

a

“Escrever é um acto de isolamento, mas editar é um trabalho de equipa. Na Chiado Editora, tudo se conjuga numa relação sentimental de crescimento mútuo, em que o sucesso é apenas uma questão de tempo e perseverança. Como autor, é um orgulho fazer parte e contribuir para o sucesso desta família.”

Luís Marques, Autor de "Os Doze Melhores", "Os Doze Melhores, Vol. II", "O meu Nome é" e " O Código Cervantes"

a

“Agradeço à Chiado Editora a aposta que fez, proporcionando-me a oportunidade de editar a minha tese de mestrado, ainda para mais sendo uma obra que funde dois temas de nicho, a mediação e o direito desportivo. Não obstante, foram inexcedíveis no apoio dado a duas apresentações que fiz da obra, além da excelente apresentação gráfica do livro.”

Rui Morgado, autor de “Mediação Laboral Desportiva

a

“Agradeço o carinho, dedicação, profissionalismo, simpatia, atenção e amizade com que me acolheram nessa "família editorial". Agradeço por acreditarem no meu trabalho e se unirem a mim para sua divulgação. Pela paciência e cuidado. Por me ajudarem a desbravar esses caminhos novos para mim. São apenas três anos de parceria, mas muito enriquecedores. Vocês fazem parte da minha história e eu só tenho a agradecer!"

Rosana Dias Vitachi, Autora de "O Espelho do Monge" e "O Espelho do Monge - a Perseguição"

a

“Fazer parte do time da Chiado Editora é uma imensa alegria, um privilégio. É uma equipe de primeiríssima linha, muito qualificada, dedicada e competente, sempre a postos para ouvir e acolher as mais diferentes dúvidas, necessidades e angústias de seus autores e autoras. Abrir espaço para novos talentos e vozes é fundamental para consagrar um universo literário plural e dissonante - e a Chiado cumpre essa missão com lucidez e maestria. Juntos, reforçamos o potencial da Literatura como uma forma de conhecimento transformadora, capaz de fomentar tolerâncias e diversidades, de dar vazão para sonhos e inquietações e de reforçar a nossa condição humana. Muito obrigado, Chiado.”

Francisco Bicudo, Autor de "Memórias de uma Copa no Brasil" e "Crônicas Boleiras"

a

"Quando um valente cria coragem de dar um texto por completo, o resultado merece ser livro. Para muitos de nós, aquele conjunto de palavras será o trabalho mais intenso e sincero que fizemos na vida. Mas sem publicação não nasce de verdade o fruto de todo sono e angústia e incerteza e amor e saudade e solidão que nos acompanharam por tantos meses ou anos. A Chiado é uma parteira acolhedora que entende essa importância e traz à luz constantemente as belezas expulsas de dentro do ser humano chamado autor."

Ernani Lemos, Autor de "Onze Semanas" e "Sobre os Outros"

a

"Estou na Chiado desde 2014 quando aquela proposta de muito mais do que apenas a publicação do meu livro, mas sim da realização de um sonho chegou ao meu e-mail. A Chiado vai muito além, ela é apaixonada por livros assim como todos nós, autores, grandes ou pequenos, conhecidos ou desconhecidos, e é por isso que ela se torna a cada dia que passa ainda maior, em competência, know-how, inovação e admiração. Toda a equipe da editora realmente trata cada livro como se fosse único e cada autor como se fosse o principal. Aqui não há diferença, todos somos iguais apaixonados pela mesmo prazer de levar as pessoas uma viagem através de folhas nas mãos. Estou indo para o meu terceiro livro pela Chiado e não me arrependo, ao contrário, meu desejo é continuar nesta parceria. Agradeço a oportunidade e todo o empenho da editora através da minha coordenadora editorial, Vitória Scritori, que é incansável em tornar apenas um manuscrito bruto num livro perfeitamente lapidado."

Ivan Bittencourt Jr., Autor de "Pés Descalços" e "Hey, Panda, Vamos Fugir?"

a

"Trabalho com a Chiado Editora desde 2011 e foi sempre com entusiasmo e simpatia que a equipa editorial fez surgir cada uma das minhas seis obras. É importante saber que se pode contar com a disponibilidade e a abertura de profissionais que apoiam os que têm a coragem de se expor sempre que se publica um livro. E cada livro contem sempre um pedaço de alguém. Na Chiado tomam conta dos meus pedaços."

Anabela Pinto, Autora de "A Vida é uma Chávena de Café", "Mind Your Head", "A Menina Cor de Rosa", "Deus já Regressou da Jamaica" e " Ombelico"

a

"Conheci a Chiado Editora em 2015, quando procurávamos, eu e o Paulo Guerra, uma Editora que se propusesse ser nossa cúmplice, na edição do então futuro Guerra Franca. As tentativas foram bastantes, junto de outras Editoras e as recusas e propostas absurdas foram também muitas. A Chiado era a seguinte e, desde logo, fomos tratados com respeito e consideração, vendo finalmente dignificado o nosso trabalho, trabalhando em conjunto, enviando e recebendo sugestões. A resposta, afirmativa, veio logo a seguir, com um comentário que deixava perceber entendimento e empatia pelo que tínhamos feito. Desde então já outro livro meu foi publicado na Chiado, com a mesma dedicação e implicação da Editora. Daí que, acredito, outros se seguirão. Perdi a noção do tempo que levei a ponderar ver as minhas coisas escritas numa publicação. Mesmo depois do incentivo de muitos familiares e amigos achava essa possibilidade distante e, no fundo, o importante para mim sempre foi escrever. Mas hoje acho a publicação do que escrevo, não só natural, como essencial e quem me transportou para essa perspectiva foi a Chiado. Obrigado, muito."

Fernando Franco, Autor de "Guerra Franca" e "O Velho Marinheiro Novo"

a

"A Chiado Editora apoiou-me a 100%, em todas as fases! Senti-me quase como se estivesse entre amigos ou família, o que foi maravilhoso, uma vez que se tratava de um livro que relata a minha história como mãe. A minha escrita era apenas um método meu de desabafo, mas quando reuni coragem para que o mesmo se transformasse num livro e partilhar a minha história, a Chiado recebeu-me de braços abertos e todos foram sempre atenciosos e pacientes. Foi perfeito para a minha primeira experiência como autora e deu-me força para continuar a escrever! Um enorme obrigado a todos!"

Sara Gonçalves, Autora de "Liana"

a

"Amante das letras desde tenra idade, ao longo da vida fui aguçando o gosto de escrever sobre o que via, o que sentia ou mesmo o que inventava. Em verso ou em prosa, conforme a maré ou o estado de alma, mantive secreto durante muitos anos o sonho de um dia publicar os meus escritos. Algo que me parecia inatingível, mas que a Chiado Editora fez acontecer à distância de uma troca de e-mails. É verdade que todos os grandes escritores começaram por ser ilustres desconhecidos, por isso louvo e acredito no projeto inovador e nas iniciativas da Chiado Editora. Estou muito grata ao empenho de toda a equipa, sobretudo à Rita Costa, cuja dedicação à minha causa tem sido sempre inexcedível. Obrigada, Chiado Editora!"

Perpétua Aço (Peta Maria), autora de Primavera Prometida e Fez no Sábado Quinta-Feira

a

"Trata-se de uma editora jovem, formada por uma valorosa equipa. Equipa essa que tem tanto de jovem como de talentosa. Pela minha parte, tenho boas razões para dar testemunho dessa valia. Não me iniciei, como autor, com a Chiado. Já trazia alguma experiência, sobre os meandros da arte, colhida de outras editoras, e devo confessar, muito honesta e sinceramente, que me sinto completamente satisfeito com a performance da Chiado Editora e, como não podia deixar de ser, dos seus colaboradores."

José da Costa Oliveira, Autor de "Do Alvão ao Ramelau", "Contos Quase Romances da Cabreira e Seu Universo", "O Estudande de Economia" e "A Leste a a Oeste"

a

"Exigente comigo, exigente com os que aceitam trabalhar nos meus projectos. «Mais do que levar um livro à estampa, o importante é levá-lo à mão dos leitores». Sei eu, sabemos todos. Com a Chiado Editora, trabalhei para o êxito, de mãos dadas. E, mal lançámos o meu segundo livro «O Corredor de Lamel», o meu primeiro livro «Do Cacine ao Cumbijã» avançava para a 2.ª edição. Démos o melhor, sem esquecer que é sempre possível ir mais além."

Guilherme da Costa Ganança, Autor de "Do Cacine ao Cumbijã" e "O Corredor de Lamel"

a

"A Chiado Editora com a sua irreverência saudável, cresce de forma sustentada, com excelentes profissionais em todas as áreas. Abriram-me as portas, as portas de um sonho, estarei grato a vida toda. O acompanhamento é permanente, o que faz com que o autor, acredite cada vez mais em si, no seu trabalho e na sua obra. Chiado Editora é, sem dúvida nenhuma, uma excelente editora."

Hélder Castro, Autor de "Silêncio Poético"

a

"Tenho o privilégio de trabalhar com a Chiado Editora. A minha primeira abordagem para com esta Editora, foi para solicitar condições para a publicação do meu primeiro livro. Para começar, esta editora ofereceu-me as melhores condições e verifiquei, depois, também, a excelente qualidade dos seus técnicos e do produto final. O acompanhamento ao longo de todo o processo é fantástico: organização, design, sugestões, marketing e publicidade, prazos e a presença de um representante no lançamento das obras. O apoio dado a um autor desconhecido, sem quaisquer obras publicadas, como era a minha situação, foi muito gratificante. A Chiado Editora é credora da minha gratidão."

Diamantino Bártolo, Autor de "O Desafio de Viver em Sociedade", "São Bento - Pescador de Homens" e "Direitos Humanos - Alicerces da Dignidade"

a

"Em qualquer tipo de relação, prezo o rigor, o respeito e a confiança. Na minha experiência com a Chiado Editora, tenho encontrado estas características em todos os meus interlocutores, o que me faz sentir confortável. Aprecio o respeito que é dedicado à esfera pessoal do autor, sem contudo serem ausentes de opinião ou escamotearem sugestões, sempre oportunas, sustentadas na experiência que, apesar da juventude, é notória. Espero que a Chiado Editora continue a ser a “minha editora”.

Lourdes Fragoso de Lima, Autora de "Três Mulheres e Meia"

a

"A Chiado Editora deu-me a oportunidade de concretizar um sonho: levar o que escrevo até aos outros e sentir que as minhas histórias têm ressonância nos leitores. Obrigada!"

Cláudina Brito, Autora de "Momentos Quase (im)Perfeitos" e "A Herdade da Julinha"

a

"Nas imediações do fresco e calmo Tejo, ponto de partida dos nossos sonhos de conquista, uma fábrica de sonhos labuta. Ponto de partida das palavras que queremos partilhar, das belezas que pretendemos exacerbar e das conquistas a que nos proponhamos almejar. O aroma das palavras... O elo de ligação entre Autores, Editores e Leitores. O sentirmo-nos em casa... A casa dos livros, dos encantos, das simpatias... Dos nossos pueris ou maduros sonhos. Bem hajam, Chiado Editora. Exacerbo desta forma o meu mais profundo agradecimento."

Jorge Durão, Autor de "O Labirinto da Tortura" e "As Raízes do Medo"

a

"Diligentes, empreendedores, ousados. esta é a epítome da Chiado Editora, a epítome que trespassa cada um dos seus colaboradores, que se manifesta desde a edição até à estante da livraria, esta é a epítome da minha editora."

Diogo da Costa Ferreira, Autor de "Lisboa Insurgente", "Excelso Amor Perpétuo" e "À Procura da Palavra".

a

"O profissionalismo e acolhimento amigável que sempre encontrei na Chiado Editora, amplamente patenteado pelos seus responsáveis, firmou um relacionamento que há muito ultrapassou a simples ligação editorial."

Fernando Antunes, Autor de "Fragilidades do Porto de Abrigo", "Na Nha Manera Di Odja" e "Crónicas, Lendas e Usos Costumeiros da Guiné-Bissau"

a

"Apesar de um oceano demarcar uma distância entre nós, a minha experiência com a Chiado Editora enquanto autora resultou num testemunho que revela um carinho ímpar por esta família editorial, que sempre me apoiou de uma forma excepcionalmente profissional aquando da edição do meu livro. Um bem-haja para toda a equipa."

Ana Isabel Rosa, Autora de "Compasso da Vida"

a

"Chiado Editora abriu-me a porta para um mundo, o qual para mim, sempre achei que seria inatingível. As pessoas que a compõem, são Mágicas pois têm a capacidade de transformar sonhos em realidade."

Clarísse Patrício, Autora de "Noite Confidente" e "Voluntários da Desgraça"

a

"Na Chiado Editora o Autor está em sua casa!"

Alice Lázaro, Autora de "Se As Saudades Matassem...", "La Menina" e "A Flor da Murta"

a

"Constantemente focada em criar novas oportunidades para os autores contemporâneos, a Chiado Editora revelou um forte empenho em tornar realidade o meu livro. Foi um trabalho de equipa com um resultado final notável e extremamente gratificante!"

Marco Aurélio Santos, Autor de "Avé Sol"

a

"A Chiado Editora é a luz no fim do túnel para quem quer ver realizado o sonho de ver publicada a sua obra. Depois de uma análise cuidada a luz surge… e novas oportunidades também."

Edgar J. Fernandes, Autor de "Os Onze Hábitos das Famílias Mais Felizes" e "Porque Sofremos nos Nossos Ambientes de Trabalho"

a

"Um dia entrei na Chiado Editora, percorri os corredores, entrei nas suas salas e tropecei em algumas "expressões da epiderme". Ouvi as máquinas a trabalhar, o cheiro das tintas a perpetuar os caminhos e os atalhos de tantos Autores. No dia em que entrarem na Chiado Editora vão reconhecer uma extraordinária moldura humana. Obrigado por tudo!"

Nuno J. Francisco, Autor de "Golpes de Espelho"

a

"A Chiado Editora é um sonho gigantesco, de uma ternura e valor infinitos. Merece-me todo o respeito e admiração."

António Pena Gil, Autor de "Um Professor Que Um Dia Roubou o Céu" e "Reflexões. Eu. Sim! Um Conhecedor de Mim"

a

"O meu relacionamento com a Chiado Editora é muit bom. Há seriedade. Verifica-se que há uma equipa com tarefas bem definidas por colaborador. Parece quase uma linha de montagem mas com motivação colectiva."

Belmiro Barbosa, Autor de "Só Um Sentimento..." e "Só Cem Sonetos"

a

"O prazer de pegar num livro, de o sentir com as mãos é entrar no mundo do autor e viajar com ele. É fantasiar é sonhar é crescer. A Chiado Editora deu-me a mão de mansinho e foi possível a realização, do meu pequeno, grande sonho."

Manuela Fonseca, Autora de "As Gémeas da Lua"

a

"A maneira pronta para esclarecer dúvidas, a disponibilidade de aconselhamento para acrescentar, modificar ou melhorar qualquer fator relacionado com a publicação de obras literárias, levou-me a concluir que a Chiado Editora é uma entidade credível e empreendedora no panorama da escrita em Portugal e não só: cabe-me, como autor, enaltecer esses méritos."

António Maria Teles, Autor de "Deambulações" e "Que Vida No Tempo"

a

 

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.